AS 10 PRIORIDADES:

 

(temática: modernização do estado com geração de emprego e renda, com foco em um projeto de desenvolvimento mais inclusivo e ambientalmente responsável, integrando as diversas temáticas)

  1. Desenvolvimento Econômico e Inovação

Instaurar o plano de reindustrialização de São Paulo, articulando as demandas de infraestrutura urbana, logística e social às políticas industriais, científicas e tecnológicas voltadas às atividades de maior sofisticação tecnológica e ao desenvolvimento de serviços tecnológicos, combinando a modernização da economia de São Paulo com a criação de novas oportunidades de geração de emprego e renda.

Construir uma estratégia para o desenvolvimento do estado que vise aumentar o investimento no sistema de inovação de São Paulo, com o fortalecimento da Fapesp, universidades estaduais, Instituto de Pesquisas Tecnológicas, Butantan, entre outras instituições paulistas para atuarem no suporte ao plano de reindustrialização tecnológica de São Paulo e na criação de tecnologias verdes e de transição energética.

  1. Combate às Desigualdades

Estabelecer as diretrizes para construir uma política estadual integrada de combate às desigualdades sociais e de recuperação econômica no cenário pós pandemia, priorizando a igualdade de acesso às políticas regionalizadas de emprego, renda e acesso ao crédito, com instrumentos diretos voltados à redução das desigualdades de gênero e raça.

  1. Meio Ambiente

Transformar o Estado de São Paulo em uma referência de proteção ambiental, promovendo política de recuperação da Mata Atlântica e a adoção do Plano de Desmatamento de Soma Zero, com  desenvolvimento de atividades econômicas ligadas à preservação e à transição agroecológica, criação de corredores ecológicos e respeito aos povos tradicionais. Modernizar a gestão ambiental, fomentar as instituições de fiscalização e fortalecer o consórcio com municípios na governança de recursos hídricos e manejo dos resíduos sólidos. Atuar na reversão da crise hídrica através da conservação das bacias, redução das perdas e uso da infraestrutura verde para modernizar o consumo e reutilização.

  1. Educação

Modernizar a política educacional com projeto voltado à construção de conhecimento e formação científica desde a educação básica por meio de investimento na infraestrutura das escolas, expansão das bibliotecas e dos laboratórios nas escolas. Implementar o padrão CAQi, com o diálogo para estabelecer as diretrizes para a valorização dos professores e profissionais de modo a expandir a rede com qualidade. Articular o ensino técnico com os programas de reindustrialização e desenvolvimento tecnológico de São Paulo.

  1. Saúde

Expandir e melhorar a qualificação da atenção básica e, em parceria com os municípios, mapear as carências assistenciais em cada região, garantindo a eliminação das filas. Expandir a ação de desenvolvimento permanente de novas vacinas e o aperfeiçoamento da vigilância epidemiológica. Garantir que o estado de São Paulo defenda frente ao Governo Federal o aumento de recursos para o SUS.

  1. Transporte e Infraestrutura

Reconstruir a capacidade de planejamento intermunicipal integrado entre habitação, transporte urbano metropolitano e saneamento. Viabilizar a criação do sistema intermunicipal de passageiros, priorizando a redução da utilização do transporte rodoviário e a articulação com os programas de desenvolvimento tecnológico e aquisição de insumos através de empresas de São Paulo.

  1. Moradia

Desenvolver um plano para garantia de moradia digna em três frentes: a) programa habitacional próprio, voltado para famílias de baixa renda, com prioridade para soluções associativas e de mutirão; b) plano de regularização fundiária para comunidades em todo o estado, acompanhado de melhora da infraestrutura urbana; c) ação emergencial para acolhimento da população em situação de rua, por meio de locação social e outras políticas de inclusão.

  1. Segurança

Estabelecer uma política de segurança pública democrática, cidadã e antirracista de modo a reduzir drasticamente a letalidade policial com a criação de novos protocolos de atuação profissional, modificação do regulamento disciplinar para acompanhar a atividade policial fora dos quarteis e fortalecimento do papel da corregedoria na apuração dos homicídios. Implementar política de valorização das polícias, com aumento do efetivo da Polícia Civil e Técnica Científica, criação e expansão de núcleos de atenção psicossocial e estabelecimento de piso salarial estadual.

  1. Direitos Humanos

Atualizar e efetivar o Programa Estadual de Direitos Humanos através de intensa participação social e de modo transversal a toda gestão, promovendo políticas multidimensionais que garantam o acesso à justiça e os direitos básicos e universais de toda a população, assim como a formação em direitos humanos de todos os agentes públicos. Ampliar a cobertura dos Centros de Integração da Cidadania e dos Centros de Referência e Apoio à Vítima pelo interior do estado.

  1. Desenvolvimento Rural e Agrário

Fortalecimento dos polos regionais de desenvolvimento de serviços tecnológicos ligados aos complexos agroindustriais. Desenvolver instrumentos para o desenvolvimento de atividades rurais ligadas ao setor de serviços e à agroindústria local de pequena escala através da expansão do acesso ao crédito e diversificação dos canais de distribuição e comercialização. Fortalecer as políticas de compras do estado junto à agricultura familiar e orgânica.